Você se lembra da cara de sua marca favorita?

Grandes marcas globais sempre se esforçam para que seus logotipos sejam reconhecíveis e memorizáveis pelos consumidores. Porém, nem sempre o cidadão comum lembra-se deles da forma correta, dependendo da forma e dos detalhes, e pode desenhá-los de maneira surpreendentemente diferente. Foi isso que constatou o estudo da empresa signs.com ao pedir a 156 americanos entre 20 e 70 anos para que desenhassem a mão livre os logotipos de dez grandes empresas. Veja como saíram algumas marcas conhecidas dos brasileiros, como a Apple:

No caso da firma fundada por Steve Jobs, a curiosidade foi a de que a maioria das pessoas desenhou um cabinho na maçã que inexiste no logotipo original, seguido por quem esqueceu da folhinha no topo e de gente que errou o lado da mordida. A influência na memória gerada por logotipos anteriores, como o multicolorido usado de 1977 a 1998, também persiste quando ao se levar em conta as cores lembradas para uma marca que hoje é prateada. No caso da Adidas, há uma persistente memória do logotipo anterior com três folhas, que atualmente é usado na submarca Adidas Originals. Apesar de ser preto, houve quem desenhasse a marca em azul, demonstrando uma associação com a cor das caixas em que os calçados da marca alemã são acondicionados:

Passando para o Burger King, houve confusão tanto no logotipo vigente como também no que de fato é o logotipo, tamanha a associação que se faz da marca com o desenho de uma coroa que costuma ser dada de brinde nos restaurantes da rede:

Já o detalhado logotipo do Starbucks gerou a lembrança de que há uma sereia, mas com muita gente esquecendo a coroa ou as duas caudas, além de o logotipo anterior em preto, branco e verde também ter sido bastante lembrado, em que pese o atual ter sido simplificado:

No caso do Walmart, as cores lembradas são diferentes daquelas de fato usadas, além de o sol do logotipo atual ter sido desenhado de maneira diferente pela maioria:

Para se divertir um pouco, veja como seriam os logotipos das marcas se dependessem da memória do consumidor:

Você se lembra da cara de sua marca favorita?
Classificado como:                                

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *